Social Icons

https://twitter.com/blogoinformantefacebookhttps://plus.google.com/103661639773939601688rss feedemail

terça-feira, 10 de maio de 2011

Iraque volta seus olhos novamente para os armamentos russos

T-72 iraquiano dispara seu canhão de 125mm durante um exercício em Besmaya, próximo a Bagdá
O Iraque está interessado em comprar armamento russo, declarou hoje o presidente iraquiano Jalal Talabani despois de uma reunião com o Ministro de Assuntos Exteriores da Rússia, o senhor Sergey Viktorovich Lavrov.

“Claro que nos interessa comprá-lo (armamento russo) porque é mais barato e viável”, comentou Talabini diante de jornalistas russos.

Lavrov chegou hoje à Bagdá em uma visita de trabalho e planeja reunir-se também com o primeiro-ministro Nuri Al-Maliki; o presidente do Parlamento Iraquiano, Usama Al-Nayaifi; o Ministro de Assuntos Exteriores iraquiano, Hoshiyar Zebari e o líder da coalizão que venceu eleições no Iraque, Iyad Allawi.

Nuri Al-Maliki disse anteriormente que a aquisição de armas russas estava condicionada a necessidade de combater o terrorismo, defender a integridade territorial e resguardar a segurança interna do país.

8 comentários:

  1. Quem anda hoje pelo Afeganistão vê carcaças de muitos tanques da era "Soviética" nas estradas do interior e uns poucos Hummers americanos destruídos por minas radio controladas , pergunto : os equipamentos russos são muito inferiores aos americanos ou os americanos limpam tudo para não aparecerem na midia?

    ResponderExcluir
  2. Você tem que se informar, amigo!

    O Iraque e Afeganistão viraram grandes cemitérios de equipamentos bélicos ocidentais.

    Você compara duas guerras distintas, dois momentos, tecnologias diferentes... Antes a guerra irregular/assimétrica era bem mais feroz do que a de hoje. A tecnologia facilitou tudo. Quando os soviéticos iriam caçar os Talibãs na montanha, era os comandos que eram encarregados dessa missão, não os tanques, não os blindados, não os helicópteros. Só por aí você vê a complexidade das duas guerras.

    No mais, a maioria das armas de terras de procedência russo-soviética sempre foram superiores as ocidentais.

    Quanto ao Humvee, ele foi muito criticado e os americanos ordenaram a aquisição de outro HMMWV porque o Humvee era destruído facilmente pelos explosivos improvisados e pelos RPGs.

    Por favor, não levante questões levianas como essa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. poder belico russo e ultra, se não souber usar não adianta ter. porque os americanos não entram na russia as armas russas não são fracas que a russia quiser acaba com todos nos ou já esqueceu das bombas animal

      Excluir
    2. A russia tem o poder de destruir o planeta e vc fala besteira

      Excluir
  3. "No mais, a maioria das armas de terras de procedência russo-soviética sempre foram superiores as ocidentais."
    Utilizando algumas técnicas se descobre de que lado a pessoa está, meu comentário com humor sobre os russos na compra de navios franceses (sem qualquer relevância e não ofendendo a ninguém) e a sua censura me deixaram com a pulga atrás da orelha, tinha certeza que o Sr. iria me responder.
    Mas quero dar parabéns pelo excelente Blog e pedir desculpas se em algum momento fui indelicado, mas agora sei de que lado está.

    ResponderExcluir
  4. Estamos do lado da verdade, sempre!

    Aqui mesmo há um post que os americanos reconhecem a qualidade do T-72.

    ResponderExcluir
  5. "dependet consensus populi"

    ResponderExcluir
  6. E porque os EUA só se envolveram indiretamente. Os russos não. envolveram-se ativamente.

    ResponderExcluir